Revelando São Paulo – Cultura de Paz – Inter-Religioso

A Iniciativa das Religiões Unidas – URI – nasceu de um sonho acalentado durante mais de um século e teve como ponto de partida o I Parlamento Mundial das Religiões, acontecido em Chicago em 1893. Este Encontro marcou o início de buscas intensas de diálogo e cooperação entre as grandes religiões do mundo, culminando numa organização que pretende ter o estatus da ONU, congregando a sabedoria acumulada durante séculos e milênios, pelas religiões e tradições espirituais para estabelecer a cooperação, a paz e a cooperação multirreligiosa entre povos, nações e etnias do mundo inteiro, colocando-se a serviço da vida dos seres vivos e do planeta.

A URI nasceu por iniciativa de um bispo episcopal da Califórnia, William Swing, por ocasião da comemoração do cinqüentenário da criação da ONU. Na celebração multirreligiosa que marcou a data, no dia 21 de junho de 1995, Swing perguntou aos presentes: “Se as nações do mundo inteiro podem se ajuntar para buscar a paz, por que as religiões não podem fazer o mesmo?”.

Em fevereiro de 1996, ele iniciou uma longa jornada ao redor do mundo, onde se encontrou com lideranças religiosas que incluem a Madre Teresa de Calcutá, o Dalai Lama, o arcebispo anglicano de Canterbury, o arcebispo Fittzgerald, o cardeal Arinze do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso e o próprio papa João Paulo II.

Em junho de 1996, aconteceu a I Conferência Mundial da URI, com 55 pessoas. A partir daí, seu crescimento tem sido vertiginoso. Hoje, está presente em mais de 167 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support