Fazenda São Bernardo

A Fazenda São Bernardo é uma fazenda fundada em 1881 localizada na zona rural do município de Rafard, no interior do estado de São Paulo. O casarão construído nesta fazenda foi onde a pintora Tarsila do Amaral nasceu e morou até seus nove anos de idade. A Fazenda São Bernardo é tombada parcialmente pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) desde o ano de 2011.

A Fazenda São Bernardo é uma remanescente das fazendas cafeeiras de monocultora do final do século XIX e vivenciou a transição da força de trabalho escravo para a mão de obra livre, do beneficiamento realizado manualmente para o mecanizado, assim como da grande lavoura agrícola para a exploração industrial usineira.

Em 1886, Tarsila do Amaral nasceu no casarão da Fazenda São Bernardo, que pertencia ao seu pai, José Estanislau do Amaral Filho, conhecido como “o milionário” devido a fortuna acumulada em fazendas no interior paulista.[6][7]

No ano de 1911, foi instalada a Societé de Exploration Agricole de Vila Rafard, raro modelo de unidade de produção de cana de açúcar de uma companhia francesa no Estado de São Paulo.

Pertencia a uma usina de cultivo de cana-de-açúcar (COSAN/Raízen), porém após ser tombada, o proprietário decidiu doá-la para a organização “Abaçaí Cultura e Arte” em 2014.

Por suas características estruturais, por sua história, bem como pela função que veio assumindo nos últimos anos, a Fazenda São Bernardo vem sendo preparada para ser a sede/vórtice/epicentro de uma versão de um grande centro cultural a céu aberto, servindo de aglutinador das várias vertentes culturais, ponte entre o rural e o urbano, o erudito e o popular, o trabalho e o lazer.

O projeto Luz de Pirilampos, em fase de implantação na Fazenda São Bernardo e seu raio, remanescente da antiga Colônia São Bernardo, se propõe a recuperar a relação do universo caipira com o modernismo. 

Será acrescentada, nestes tempos de globalização, uma abordagem com estofo identitário (o que é?), o que, sem dúvida, o enriquecerá como um todo.

Fazenda São Bernado e Arredores visto de cima

Neste trânsito entre o universo artístico, conceitual e político, representado pelo Modernismo e seus resultados e o da cultura caipira, não se pode perder de vista que, enquanto aquele, o universo artístico modernista, será sempre virtual, este o universo da cultura caipira, refletirá/ reflete uma cultura viva hoje.

Não será espaço para os chamados resgates, trazer de volta algo do que já foi, mas abrir espaço para aquilo que tocou, moveu, encantou aquela geração modernista, mas que continua viva. Dentro e como, fora dos muros da São Bernardo. Em seu entorno, como em toda a micro região.

Aliás, não são poucos os pesquisadores que reconhecem este universo caipira real encravado exatamente nos limites, do quadrilátero/quadrante aqui apresentado ou até mesmo em uma expansão do mesmo.

Nele a pamonha, somente para referenciar, não é fruto de uma relação simplesmente idílica com um passado distante, mas é presença viva hoje. Não se trata de história no sentido de coisas, fatos do passado. Mas sim de história viva, que continua a fazer e a se refazer continuamente sem ignorar a trajetória percorrida.


Considerando a Fazenda como Vortex, este projeto promoverá ações capilares, procurando agir e atingir não somente acidade de Rafard, onde se encontra a fazenda, mas os municípios vizinhos, e também a médio prazo, outras regiões do estado de São Paulo. Podendo tornar-se uma referência nacional de política de Ação Cultural.

Os objetivos serão alcançados:

  • Pela desmistificação da arte e da criação – fazendo o cidadão comum descobrir-se também capaz de criar e expressar-se.
  • Por meio da interação das diversas formas de expressões artísticas e da cultura tradicional.
  • Pelo oferecimento de cursos, palestras, oficinas e imersões.
  • Por ações culturais contínuas.
  • Pelo implemento ao turismo vivencial.
  • Pela pesquisa e qualificação da população local.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support