Espanhol Ingls      

Abaçai

Edição Vale do Ribeira

A XIII edição do Festival de Cultura Paulista Tradicional - Revelando São Paulo - Vale do Ribeira-, será realizada no município de Iguape (SP), entre os dias 25 e 29 de Maio de 2016. O Festival acontecerá no Centro de Eventos Prefeito Casemiro Teixeira, das 9h às 21h, com entrada franca. 

Promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura Municipal de Iguape, o festival apresenta importantes registros das culturas tradicionais. 

Fandangos, noites de São João, cortejos do Boi Tata, romaria fluvial, encontro de bandas e fanfarras, artesanatos e pratos tradicionais da culinária paulistana estarão na programação da próxima edição do Revelando São Paulo Vale do Ribeira.

Entre as tradições apresentadas ao público nas edições anteriores do festival está a romaria fluvial "Dádivas das Águas", que celebra os bens naturais, culturais e espirituais da região e do Lagamar, passando por vários pontos e que conta com a participação dos barcos das comunidades caiçaras; além do espaço indígena que mostra uma proposta ampliada e a participação destas comunidades.

Para esta edição, estão previstas mais de 100 apresentações artísticas e musicais durante o evento que é considerado uma vitrine viva das mais diversas manifestações culturais, produzidas em diferentes regiões do Estado. 

O festival proporciona aos visitantes uma inesquecível vivência com a diversidade da cultura popular tradicional, uma vez que os municípios trarão o colorido, a beleza, os aromas e os sabores das culturas tropeira, caiçara e caipira. São bordados, cestos de palha, bonecas de pano, panelas de barro, o cafezinho caipira, a broa de milho feita no fogão a lenha, tainha assada, a moqueca de manjuba, feijão tropeiro e o bolo de roda, entre outras iguarias gastronômicas e artefatos artesanais, distribuídos em espaços de artesanato tradicional e de culinária regional.


Image title


Sobre Iguape

Rica em belezas naturais, Iguape abriga em seu território aproximadamente 70% de área natural protegida, que inclui a Estação Ecológica dos Chauás e cerca de 85% da Estação Ecológica Juréia-Itatins, além de estar parcialmente em Área de Proteção Ambiental (APA - Cananéia-Iguape-Peruíbe). 

Iguape está localizada no litoral sul paulista, na região do Vale do Ribeira. Integra-se na Bacia Hidrográfica do Ribeira e situa-se no corredor do Mercosul, entre duas importantes capitais: São Paulo e Curitiba. Tem acesso fácil, devido à duplicação da BR 116, seja por São Paulo (208 km) ou pelo Paraná (Curitiba - 260 km).

O município revela características geográficas bastante peculiares. Seu extenso território de 1.964 km² apresenta rios, morros, manguezais, praias e cachoeiras, compondo uma amostra singular de ecossistemas associados, além das Reservas de Mata Atlântica do Sudeste, tombadas pela UNESCO no ano de 1999 como Patrimônio da Humanidade. Iguape ainda faz parte do Circuito Turístico do Lagamar e é considerada a "Cidade Berço da Colonização Japonesa no Brasil", título concedido por meio da Lei Federal nº 11.642 de 11 de janeiro de 2008.

Além das belezas naturais, possui atrativos culturais, históricos e religiosos. Fundada em 1538, encontrou no passado sustentação econômica nos ciclos do ouro e do arroz,  período em que foram construídos os casarões coloniais, hoje tombados como patrimônio nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 

As principais atrações turísticas de Iguape, também conhecida como a "Princesa do Litoral", vêm justamente da cultura tradicional, da herança histórica, das belezas naturais e da fé, que leva milhares de romeiros a festejarem o Bom Jesus de Iguape.