Espanhol Ingls      

Abaçai

Inter-religioso


A Iniciativa das Religiões Unidas - URI - nasceu de um sonho acalentado durante mais de um século e teve como ponto de partida o I Parlamento Mundial das Religiões, acontecido em Chicago em 1893. Este Encontro marcou o início de buscas intensas de diálogo e cooperação entre as grandes religiões do mundo, culminando numa organização que pretende ter o estatus da ONU, congregando a sabedoria acumulada durante séculos e milênios, pelas religiões e tradições espirituais para estabelecer a cooperação, a paz e a cooperação multirreligiosa entre povos, nações e etnias do mundo inteiro, colocando-se a serviço da vida dos seres vivos e do planeta.

A URI nasceu por iniciativa de um bispo episcopal da Califórnia, William Swing, por ocasião da comemoração do cinqüentenário da criação da ONU. Na celebração multirreligiosa que marcou a data, no dia 21 de junho de 1995, Swing perguntou aos presentes: "Se as nações do mundo inteiro podem se ajuntar para buscar a paz, por que as religiões não podem fazer o mesmo?".

Em fevereiro de 1996, ele iniciou uma longa jornada ao redor do mundo, onde se encontrou com lideranças religiosas que incluem a Madre Teresa de Calcutá, o Dalai Lama, o arcebispo anglicano de Canterbury, o arcebispo Fittzgerald, o cardeal Arinze do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso e o próprio papa João Paulo II.

Em junho de 1996, aconteceu a I Conferência Mundial da URI, com 55 pessoas. A partir daí, seu crescimento tem sido vertiginoso. Hoje, está presente em mais de 167