Artesanado de Palha de milho, da cidade de Redenção da Serra. Artesã Giselda. Fotografia de Reinaldo Meneguim

Jongo

Jongo é dança de origem banto, do mesmo tronco do batuque, ambos, ancestrais do samba e do pagode, que resiste em alguns pontos do Vale do Paraíba. Em Taubaté, São Luis do Paraitinga, Pindamonhangaba e Cunha, encontram-se os últimos redutos de jongueiros do Vale Paulista e que se acham, no momento, em fase de revivescência. Estruturado em roda, em torno de uma fogueira que ajuda a manter a afinação dos tambores, realizam-se hoje em praças públicas, da mesma forma que, outrora, ocorriam nos terreiros. Com ela os participantes homenageiam São Benedito e os nossos antepassados negros.


 Ocorrência: Cunha, Lagoinha, Pindamonhangaba, São Luis do Paraitinga, Taubaté.



Em breve disponibilizaremos o conteúdo.

Grupo Município a que pertence
1 Comunidade Jongo Dito Ribeiro Campinas
2 Jongo de Cunha Cunha
3 Associação Cultural Quilombolas do Tamandaré Guaratinguetá
4 Grupo de Jongo do Tamandaré Guaratinguetá
5 Orgulho Caipira Lagoinha
6 Jongo de Piquete Piquete
7 Grupo de Jongo Mistura das Raças São José dos Campos


Em breve disponibilizaremos o conteúdo.


Em breve disponibilizaremos o conteúdo.

Copyright Toninho Macedo. Todos direitos reservados.
UA-61231390-1