Artesanado de Palha de milho, da cidade de Redenção da Serra. Artesã Giselda. Fotografia de Reinaldo Meneguim

Encontro de Batelões

ic_encontroNo Médio Tietê, no principal dia da Festa do Divino, ocorrem os encontros fluviais das Irmandades do Divino em grandes batelões – os famosos Encontros de Batelões. Os batelões são grandes barcos capazes de transportar, em alguns casos, ate 40 pessoas, impulsionados por varejões ou por remos. Até pouco tempo os Irmãos do Divino seguiam de pouso em pouso (os sítios na zona rural que acolhem a bandeira/folia, dando-lhes pernoite).

Hoje ainda são muitos os pousos (os donos das casas recebendo os amigos e devotos do Divino sempre com mesas fartas), mas os acessos, nem sempre, são feitos por barcos. No grande dia da festa, os barcos do rio abaixo se encontram com os do rio acima, em meio a revoadas de pombos e tiroteios preparados pelos fogueteiros artesanais.

Ocorrência: Anhembi, Laranjal Paulista, Piracicaba, Porto Feliz, Tietê.

Copyright Toninho Macedo. Todos direitos reservados.
UA-61231390-1